05 agosto 2013

De reserva à artilharia, Gabrielzinho festeja fase de goleador

O amador na categoria sub-21 tem um novo artilheiro. Trata-se do atacante Gabriel Mateus, o Gabrielzinho da equipe do Nacional de Sub-Sede. Para chegar a artilharia do Sub-21 não foi fácil, o avante da equipe grená passou por altos e baixos em meio a competição e chegou até a abandonar a equipe, em um ato de rebeldia, a poucos instantes antes do inicio da partida contra o São Luis, vencida por 2x0 pelo Nacional.

O motivo da briga que levou a Gabrielzinho a quase abandonar a equipe de Sub-Sede foi pela opção do treinador Sapo, que na época não escalava o atacante. Depois do episodio, Sapo acabou afastando-se do cargo de treinador para a volta de Andrei.

No primeiro jogo de Andrei depois de sua volta, contra o Incas, Gabriel já começou a ser o nome do ataque do Nacional. Fez o gol que deu a vitória ao time de Sub-Sede. Parecia estar surgindo um novo Gabriel, mas até que ele precisou acompanhar a seleção de Santa Helena nos Jogos da Juventude e não compareceu ao jogo contra o Real e daí todos sabem, amargurou novamente o banco de reservas.

A volta por cima novamente veio neste domingo contra o Celeste de Vila Celeste. Gabriel foi o nome do jogo, com jogadas desconcertantes e nada mais, nada menos que 5 gols anotados, que lhe deu não só do Nacional, mas também a da competição, com 6 gols marcados, empatado com Vera do Celeste.

Gabrilzinho vê com bons olhos a nova fase de goleador e espera ajudar ainda mais o Nacional no municipal de campo. “Espero que os gols continuem saindo. Sempre busquei meu espaço dentro da equipe, mesmo com muitos achando que eu não deveria estar ali, tenho que agradecer ao Andrei que sempre me apoiou e acreditou em mim”, afirmou o atacante.