23 setembro 2013

Sub-21: São Clemente perde e terá que buscar vitória em Sub-Sede



O São Clemente recebeu neste domingo o Nacional para a primeira partida do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Santa Helena, pela categoria sub-21 e perdeu pelo placar de 3x2. De baixo de muita chuva bola quase não rolava, mesmo assim, o que se viu foi um belo jogo.

Apesar do revés, o São Clemente foi melhor durante a partida, mas não conseguiu efetivar os lances em gols. Muito se deve a ausência do artilheiro do clube azul e preto, Marcos Gross, que está fora de Santa Helena e não pode jogar a partida. Além de Gross, Sidnei Rech suspenso, foi outro desfalque importante para o São Clemente.

Mesmo com as baixas, a equipe dentro de campo mostrou personalidade e saiu de campo com a cabeça erguida e confiante para a segunda partida que acontece no dia 6 de outubro em Sub-Sede.

O técnico Fedão mandou para a partida um São Clemente no 4-5-1 com a seguinte escalação. No gol Bode, a zaga era composta por Jackson e Eto'o. Na direita tinha Alexandre e na esquerda Cateto. O meio de campo era formado por Lucas Back, André, Cristian, Gustavo e Jean Wollmann. O ataque tinha somente Bundinha.

Crônica da partida

A partida iniciou com os donos da casa tomando a iniciativa, mas foi o Nacional que assuntou primeiro. Bottega saiu cara a cara com o goleiro Bode e tentou dar um toque por cima e pecou na finalização. Logo depois o São Clemente respondeu. Cateto fez bela jogada pela esquerda invadiu a área e cruzou, Matias tentando cortar deu um biquinho e a bola acertou a trave direita de Welington.

O São Clemente seguiu tomando conta do jogo até que Lucas Back limpou, puxou para a perna direita e disparou da intermediária, a bola resvalou no gramado molhado e morreu no fundo das redes de Welington, 1x0 São Clemente com um bonito gol de seu camisa 10.

O Nacional, perdido em campo até o gol, começou a tomar iniciativa e em seguida, Andriel recebeu lançamento de Ganso e de costas para o gol deu lindo lançamento para Léo, que da entrada da área fuzilou e a bola entrou na gaveta de Bode empatando a partida, 1x1.

A primeira etapa terminou e os queixos dos jogadores tremiam de frio devido a chuva gelada que caia em São Clemente. Na segunda etapa o São Clemente veio com o mesmo time, já no Nacional o técnico Drei trocou Welerson por Tito. Com a substituição, Bottega foi para lateral esquerda, Leonardo foi para volante e Tito para a direita.

Com as modificações o Nacional entrou quente para a segunda etapa. Logo no inicio, Bottega foi a linha de fundo e cruzou para traz, Léo dominou de costas e escorou para Ganso que de chapa, colocou a bola no canto esquerdo de Bode. A bola ainda tocou no pé da trave antes de entrar, 2x1 Nacional, virando a partida.

O São Clemente voltou a carga para tentar descontar. O Nacional não conseguia sair de seu campo defensivo, até que Drei tirou o volante Dias e colocou Pé, que deu novo gás a equipe do Nacional.

Em um momento de distração da zaga do São Clemente, Pé roubou a bola do zagueiro e avançou para linha de fundo e cruzou buscando Andriel na área. A bola não tomou o efeito desejado e entrou direto, no canto direito de Bode, que nada pode fazer, 3x1 Nacional.

Logo após o gol, o Nacional foi para a defesa e em uma bola levantada na área, Facão meteu a cabeça na bola e descontou, 3x2. A partir daí o jogo tomou um ar dramático.

Em um lance épico, após novo cruzamento, a bola ficou pingando à 30 centímetros do gol. Era o empate dos donos da casa, quando Tito apareceu de surpresa, por traz do atacante do São Clemente e afastou o perigo.

O jogo terminou em 3x2 para o Nacional, mas o São Clemente saiu de campo confiante para a segunda partida, no dia 6 de outubro em Sub-Sede.