04 outubro 2013

Ouro: Terceiro classificado às semifinais será conhecido nesta quinta-feira

Mesmo após a derrota de 6 a 2 sobre o Maringá na segunda partida das quartas-de-final da Chave Ouro do Campeonato Paranaense, o Keima Futsal prega a confiança na conquista da vaga na semifinal do Estadual. O time de Ponta Grossa decide a permanência na 'Ouro' diante dos maringaenses nesta quinta-feira, às 20h30, no Ginásio Chico Neto; sem desfalques para o duelo de logo mais, o técnico Luciano Bonfim acredita que o time pode apagar a má atuação do último fim de semana com a classificação histórica para a cidade.

"Conhecemos muito bem a parte tática e os jogadores deles, até pelas partidas que a gente já jogou contra Maringá durante a temporada. O que a gente precisa é ter uma pegada como a gente joga aqui, ter uma postura mais agressiva", disse o técnico rubro-negro. O problema para o Keima é que ao contrário da partida de sábado, a vantagem do empate será do time da casa - por causa da melhor campanha ao longo da 1ª fase. "Vamos precisar atacar com inteligência, sem se atirar e dar o contra-ataque para eles", analisa Bonfim.

Marcado inicialmente para o sábado (05), o jogo foi antecipado pelo time de Maringá por causa da participação da cidade na Superliga de Vôlei; isso porque o Moda Maringá, que representa o município no torneio, utiliza o Chico Neto para mandar suas partidas pela competição nacional. O adiantamento irritou a diretoria do time de Ponta Grossa, já que o time perdeu dois dias de preparação para o duelo. "Essa mudança faz diferença sim, principalmente pelo tempo de recuperação e pela dificuldade que estamos tendo em relação a ginásio para treinos", disse o treinador ponta-grossense.

Semana
Com apenas dois treinos com bola ao longo da semana, o Keima Futsal embarcou às 19 horas de ontem rumo a Cidade Canção; na manhã de hoje, o time realiza o último treinamento antes da bola rolar. "Como não tínhamos ginásio para treinar hoje [ontem] a tarde, fizemos a opção por viajar um dia antes e treinar lá [em Maringá]", explica Luciano Bonfim. A última atividade do time antes da viagem foi na manhã de ontem, no Ginásio da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), onde o time priorizou os ajustes nas bolas paradas.

História
A última vez que um time local ficou entre os quatro melhores da Chave Ouro foi em 1996, quando o Clube Verde terminou o Estadual com o 3° lugar. De lá para cá, a melhor campanha de uma equipe ponta-grossense foi um 7° lugar, conquistado pelo Verde em 2002, e pelo próprio Keima, no ano passado.



(Sebastião Neto)