26 dezembro 2013

Futsal paranaense com elencos quase definidos para 2014



Mesmo antes da chegada de 2014, a maioria das equipes do estado do Paraná já se movimentam praticamente definindo seus elencos para as disputas na próxima temporada. Nesta postagem vamos trazer um panorama geral de como estão as montagens das equipes para 2014.

Na próxima temporada, quatro equipes paranaenses participarão da Liga Futsal: Copagril, Umuarama, Guarapuava e Maringá. Cascavel, que utilizava a franquia da Unisul-SC, ficou de fora. Confira as movimentações dos quatro representantes do estado e das demais equipes, que disputarão a Chave Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal:

Copagril/Marechal Cândido Rondon



O campeão paranaense de 2013 conseguiu manter parte de sua base e ainda trouxe bons reforços, que poderão aumentar ainda mais a força da equipe para a próxima temporada. Seguem no time do técnico Marquinhos Xavier os goleiros Quinzinho e João Neto, o fixo Marcelo Paulista, os alas Guerra e Alvin e o pivô Márcio.

As novidades são os fixos Arthur (ex-Corinthians-SP) e Marlon (ex-Keima), os alas Marcio Garcez (ex-Floripa-SC), Maçarico (ex-Foz Cataratas), Léo Costa (ex-Marreco), Leandrinho (ex-Krona/ Joinville-SC) e os pivôs Daniel (ex-Cascavel) e Mancha (ex-Assoeva-RS).

Umuarama Futsal



Assim como a Copagril, o Umuarama Futsal manteve parte da base de 2013. Porém, com nova comissão técnica, comandada pelo técnico Manoel Pasquale (o Maneca), a aposta é em jogadores jovens, alguns vindos das categorias de base da Krona/Joinville, último clube do treinador.

A equipe será formada pelos goleiros Deivid, Japonês, Pedrão e Ari (ex-Campo Mourão), os fixos Boni, Schneider (ex-Krona) e Deílton (ex-Marreco), os alas Augusto, Yuri, Caio, Ouchita, Duda (ex-Unisul), Neto (ex-Foz Futsal), Jean (ex-Corinthinans), Rodrigo (ex-Krona) e Eder Luan (ex-Blumenal) e os pivôs Pedro e Fuska (ex-Lajes-SC). A diretoria ainda procura mais um ou dois jogadores para fechar o elenco.

Poker/Guarapuava Futsal



A equipe de Guarapuava foi a primeira, no estado, a fechar seu elenco para 2014. Depois de um ano de altos e baixos o clube espera uma equipe mais regular e competitiva. Para isso houve grande reformulação, com apenas quatro jogadores (Paulo Henrique, Biro, Bisqui e Harry) permanecendo no time que continuará sendo comandado pelo técnico Baiano.

As novidades são os goleiros Danilo (ex-Maringá), Nando (ex-Pato Futsal) e Ale Falcone (ex-Cachoeira-RS), os fixos Vitor (ex-Umuarama) e Giovani (ex-Pato), os alas Diego Fávero (ex-Pato), Jamur (ex-Alaf-RS), Rubinho (ex-Intelli/Orlândia), Adeírton (ex-Cascavel), Alan (ex-Marreco) e Deivão (ex-São José-SP), os alas/pivôs Felipinho (ex-São Lucas), Simi (ex-Luparense, da Itália), Bruno Petry (ex-Alaf) e o pivô André Maluko (ex-Umuarama).

A equipe se apresenta no dia 20 de janeiro e agora a expectativa é de que todos os atletas se apresentem na data estipulada, apesar do assédio de outras equipes, principalmente do exterior.

Oppnus Maringá



A única equipe paranaense de Liga Futsal que ainda não fez anúncios de contratações foi Maringá. A equipe quase ficou de fora da competição nacional com a entrada do time de Sorocaba-SP, mas conseguiu um acordo para representar a franquia da Unisul-SC, no lugar de Cascavel.

O clube também perdeu para Sorocaba um de seus principais jogadores: o pivô Mauricinho. Também já estão certas as saídas do goleiro Danilo (indo para Guarapuava) e dos alas Bruno (Corinthians) e Ian (Concórdia). No entanto, é provável que a maior parte do elenco de 2013 permaneça no time que foi campeão dos Jogos Abertos do Paraná.

Cascavel Futsal



A equipe de Cascavel teve um ano muito bom tecnicamente, mas não alcançou os títulos. O clube ficou com o vice no estadual, perdendo em casa para a Copagril, e com o terceiro lugar nos Jogos Abertos do Paraná, que também foram disputados em Cascavel. Para piorar a situação, o clube perdeu sua vaga na Liga Futsal, mesmo tendo a melhor campanha entre os paranaense, em 2013.

Mesmo com as incertezas, o time do técnico Nei Victor manteve alguns nomes importantes como Issamu, Caça e Guilherme. Também ficam no clube os goleiros Taylon e Matheus, e os jogadores de linha Pirulito, Cadini e Tiaguinho.

As novidades são os retornos do goleiro Donny e do ala Wanderson, que estavam no Keima Futsal. Também está de volta o pivô Jaison (ex-Campo Mourão). Outros contratados são Diego (ex-Quedas Futsal), Wesley (que estava no Cazaquistão) e Eduardo (ex-Foz Futsal). Outro atleta que pode retornar a seu antigo clube é o pivô Arrepio, atualmente no futsal da Itália.

Operário/Keima Futsal/Ponta Grossa



O Keima Futsal (vice-campeão dos Jogos Abertos e semifinalista da Chave Ouro) quase desistiu da disputa do Paranaense de 2014. O motivo foi financeiro – o presidente Tércio Miranda anunciou, em novembro, que estava deixando o cargo e retirando seu investimento da equipe. Depois de alguns acordos, o ex-presidente resolveu voltar à diretoria, mas uma nova política de redução de despesas foi adotada, levando muitos atletas e o técnico Luciano Bonfim a deixar o clube.

O novo treinador da equipe será Márcio Borges, que estava no Pato Futsal. Nos próximos dias deverão ser anunciados os novos jogadores. De momento, se sabe que permanecem o goleiro Cássio, os fixos Magrão e Edigleuson, os alas Gleyson e Carrapicho e o pivôs Kumano e Edson Cabeça. Outra certeza é a parceria com o Operário Ferroviário (equipe de futebol profissional de Ponta Grossa).

Campo Mourão Futsal



O Campo Mourão Futsal comemorou muito a sexta colocação na Chave Ouro do Campeonato Paranaense, resultado mais expressivo dos últimos anos. No começo de 2013 houve uma reformulação, com a implantação da ACMF (Associação Campo Mourão Futsal) e os primeiros resultados já começaram a aparecer.

Agora o desafio é o de se manter entre os melhores do estado, mesmo com as saídas de jogadores importantes como o goleiro Ari, os fixos Piliu e Biju, o ala Jhonatas e o pivô Jaison.

Até o momento, renovaram os atletas Maringá, Batata, Pulga e Vini. As novidades são João Gabriel (ex-São Lucas) e o pivô Cleodon (ex-Aracati-CE).

Marreco Futsal/Francisco Beltrão



Assim como Guarapuava, o Marreco foi rápido em suas contratações e já tem fechado o elenco que disputará a Chave Ouro em 2014. Entre as renovações está a do técnico Fabinho Gomes, que promete um time bastante competitivo na próxima temporada.

Na montagem do elenco, o clube teve alguns percalços, com as desistências de Deílton (que vai para Umuarama) e Thiaguinho (Dois Vizinhos Futsal). Os dois estavam que estavam apalavrados com o clube, mas desistiram. Assim, novas contratações foram feitas rapidamente para suprir as ausências.

O elenco do Marreco para 2014 será o seguinte: goleiros – Barbosa, Cláudio e Celinho (ex-Iberia Star, da Geórgia); fixos – Magui e Zé Antônio (ex-Unisul-SC); alas – Canhoto, Jean Neguinho, Emerson (ex-Keima), Suelton (ex-BGF-RS), Wendel (ex-Central-PE), Pardal (ex-Coritiba) e Pabrio (ex-Guarapuava); pivôs - Banana (ex-Videira-SC), Papu (ex-Unisul-SC) e Roberto Barbosa (ex-Xaxiense-SC)

Araupel/Quedas do Iguaçu Futsal



Depois de ficar entre os oito melhores da Chave Ouro pelo terceiro ano seguido, a equipe de Quedas do Iguaçu manteve a comissão técnica, com o treinador Roberto Nunes, e boa parte do elenco de 2013. Seguem na equipe os goleiros Pardal e Roberto, o fixo Gale, os alas Carlinhos, Soró e Luan, os alas/pivôs Neizinho e Biro e o pivô Jean Magrão.

Para reforçar a equipe estão chegando o goleiro Cristhian (ex-Cascavel), o fixo Tanaka (ex-Cascavel), os alas Leite (ex-Pato Futsal), Wagnão (ex-Pato) e Willians Santos (ex-Guarapuava).

São Lucas/Paranavaí



Outra equipe que aposta na continuidade foi a São Lucas, de Paranavaí. O técnico Leandro ‘Primavera’, que assumiu a equipe na metade de 2013 seguirá no comando técnico do único clube que participou de todas as edições da Chave Ouro.

Até o momento foram anunciados dez atletas: os goleiros Arielton e Thales, os fixos Hiago e Biju (ex-Campo Mourão), os alas Andinho, Chuí, Geraldinho, Jhonatas (ex-Campo Mourão) e Rooney (ex-Foz Futsal) e o ala/pivô Luciano.

Ampére Futsal



O campeão da Chave Prata de 2013, que disputará pela primeira vez a Chave Ouro do campeonato Paranaense, também já anunciou dez jogadores. Da base que conquistou o acesso, permanecem o goleiro Sidy, o fixo Marcelo Jucá, os alas Paulinho, Rodriguinho e Jardel e o pivô Diego César, artilheiro da equipe nas últimas duas temporadas.

As novidades são as contratações do fixo Puliu (ex-Campo Mourão), dos alas Bruno Oliveira (ex-Foz Cataratas) e Neto Caraúbas (ex-Afusca-RS) e do ala/pivô Betinho Potiguar (ex-Cruzeiro/Assu-RN).

Pato Futsal



O representante da cidade de Pato Branco na Chave Ouro ainda tem futuro incerto. O presidente Luiz Sérgio Lavarda segue articulando parcerias para viabilizar o projeto de 2014. As únicas certezas, até agora, são as saídas do técnico Márcio Borges, dos jogadores Nando, Leite, Diego Fávero e Giovani.

Fala-se, nos bastidores, que a tendência é que alguns atletas do elenco de 2013 continuem no clube. Ainda viriam cinco ou seis jogadores do estado do Rio de Janeiro (todos bem jovens, na faixa de 21 anos de idade) e mais dois ou três jogadores de outras equipes. No entanto ainda não há nenhuma confirmação oficial de quais seriam estes jogadores.

Associação Cascavelense de Futsal (ACF)



A exemplo dos últimos anos, a ACF deverá se uma das últimas equipes a confirmar seu elenco para 2014. Há três anos na disputa da Chave Ouro (as duas primeiras em parceria com a prefeitura de Corbélia), a ACF sempre tem chegado à segunda fase da competição estadual, mesmo com as dificuldades financeiras.

Na próxima temporada o desafio será continuar obtendo bons resultados mesmo tendo um elenco de baixo orçamento.

Foz Futsal e Foz Cataratas



As equipes da cidade de Foz do Iguaçu ainda não divulgaram suas contratações para a próxima temporada. Muitos (entre eles o ex-jogador Anderson Andrade, atual secretário de esportes da cidade), ainda defendem a ideia da fusão entre os dois clubes. Coisa que quase aconteceu no início de 2013, mas que ficou no papel, pois as duas diretorias não chegaram a um acordo.

Com times separados, os resultados foram a 10ª e 12ª colocação no estadual. Este é um dos argumentos mais fortes para aqueles que defendem time único representando Foz do Iguaçu na Chave Ouro.

Associação Esportiva Clevelandense (AEC)



A AEC, vice-campeão da Chave Prata, também segue sem informações sobre a equipe do ano que vem. A única certeza, segundo o presidente e treinador João Carlos Rochenback, o Baixo, é a participação na Chave Ouro.

Para Rosenback será necessário um investimento maior que o de 2013. O clube espera receber um apoio maior da prefeitura da cidade para reforçar a base atual e, assim, permanecer na elite paranaense em 2015.

(Clique Esporte)