31 janeiro 2014

Santa-helenense poderá defender Toledo Futsal na Bronze

O santa-helenense Guto Benini poderá defender as cores do Toledo Futsal neste ano. O atleta passou na primeira etapa da seletiva e aguarda agora um novo teste que acontecerá de 11 a 13 de fevereiro, para ver se realmente fará parte do elenco do Toledo Futsal. De 150, 42 jogadores foram selecionados para a próxima etapa que definirá o elenco para a equipe que disputará da Chave Bronze 2014. Os testes aconteceram de terça (28) até ontem (30) no Ginásio Alcides Pan em Toledo.

- Foram 12 minutos de coletivo por equipe, onde nos separavam por posição. Nestes minutos você teria que se destacar diante dos demais. Foi um teste bem proveitoso, onde o toque de bola, posicionamento, visão de jogo era importante e foi a "estratégia" que eu tomei para tentar se destacar – comentou Guto.

- Toledo sempre teve tradição no futsal, e sempre montou equipes fortes, portanto não vai ser fácil entrar neste elenco, mas vou me esforçar ao máximo para agradar o técnico e a comissão – completou o santa-helenense.

O retorno

As últimas temporadas foram de altos e baixos para o futsal de Toledo. Depois de retornar às suas atividades em 2010, o time da cidade conquistou o vice-campeonato da Chave Bronze. No ano seguinte, na Chave Prata, a equipe ficou em terceiro lugar na classificação geral. Mesmo sem chegar à final, o clube conseguiu o acesso para a Chave Ouro em 2012 devido à desistência do São Miguel Futsal, que encerrava suas atividades.

Na ‘Ouro’, o Toledo Futsal conseguiu montar um bom time e ainda trouxe um técnico pentacampeão estadual: o experiente Baiano. No entanto, salários atrasados e dificuldades estruturais levaram o treindor e alguns jogadores a deixar o clube, na metade do campeonato. Mesmo com elenco reduzido e com folha salarial reformulada o Toledo conseguiu escapar do rebaixamento, mas, no começo de 2013, o clube anunciava que não disputaria o estadual e a Chave Ouro ficou com 15 participantes.

No final do ano passado, iniciou-se uma movimentação para que o futsal de Toledo pudesse retornar ao estadual. Na fan page da Torcida Porcos Selvagens (TPS) surgiu um fórum de discussão onde foram apontadas algumas alternativas para o retorno da cidade ao futsal.

Uma das alternativas seria a de disputar a Chave Bronze, subindo ano a ano, até retornar à Chave Ouro. O projeto teria apoio de empresários da cidade, sendo alguns remanescentes da última equipe de Toledo.

As outras duas alternativas seriam de formar parcerias com equipes que já detêm vaga na Chave Ouro. Dois clubes teriam se colocado à disposição e um deles seria da Associação Cascavelense de Futsal (ACF), que foi campeã da Chave Prata em 2010 e que disputou a Chave Ouro em 2011 e 2012 em parceria com o município de Corbélia.

Segundo as informações da TPS, a proposta de parceria da ACF teria foco não só na Chave Ouro, mas na disputa de competições nacionais, como a Liga Futsal a partir de 2015. Ainda segundo as informações, o projeto seria desvinculado da cidade de Cascavel (atual sede da ACF), teria o nome fantasia de Toledo Futsal e contaria com uma base de atletas de Toledo.

Nesta semana a base da equipe foi escolhida pela comissão técnica, que através de um peneirão, recebeu atletas de toda a região. Os trabalhos agora serão de treinamentos fortes para entrosar a equipe para a disputa da Bronze.