21 março 2014

Revoltada, diretoria do CAD escancara insatisfação com a FPFS

A diretoria e a comissão técnica do CAD escancararam a irritação com a FPFS (Federação Paranaense de Futebol de Salão) nesta quinta-feira, 20. O motivo do desabafo foram as falhas da entidade na organização do Torneio dos Campeões, que é realizado em Umuarama. Mudanças de última hora nos horários das partidas e o desconforto nos alojamentos desagradaram os participantes da competição.

A principal reclamação é quanto à falta de planejamento da federação para completar o quadro de inscrição no torneio. Como todos suspeitavam, o Foz Futsal desistiu da disputa, deixando o grupo B desfalcado. Assim, Umuarama e Copagril já entram no campeonato classificados à semifinal.

Além disso, pouco antes da primeira rodada, a FPFS alterou os horários de jogos, causando um grande constrangimento. O time do Cascavel, que jogaria às 19h, não foi avisado de que sua partida fora adiada para as 20h30, e entrou em quadra muito antes de a bola rolar.

A insatisfação não para por aí. “Outro fato lamentável está relacionado às refeições, pois a FPFS combinou ser ela a responsável pelos custos de alimentação, mas, na hora, a mesma ausentou-se da sua própria responsabilidade, faltando com a palavra por ela dada aos clubes”, divulgou o CAD, por meio de nota.
Por uma rede social, o técnico Eduarco Pacheco Baiano também escreveu um texto criticando a federação.

Ele revela que alguns jogadores do CAD tiveram de dormir no chão do hotel onde estão hospedados.
O CAD estreia nesta quinta, às 20h30 – em vez das 19h, como divulgado anteriormente. O adversário será o Ampére, que, na abertura da competição, foi derrotado pelo Cascavel, por 1 a 0.



(Diario de Guarapuava)