11 setembro 2014

Chave Ouro: Em pleno Ney Braga, Guarapuava bate a Copagril e assume liderança

A equipe do Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve Futsal conseguiu um grande resultado na noite desta quarta-feira (dia 10). No ginásio Ney Braga, na cidade de Marechal Cândido Rondon, o time guarapuavano venceu a Copagril/Sempre Vida pelo placar de 4x2 e assumiu a liderança do grupo A na segunda fase do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro, com 16 pontos ganhos em seis partidas disputadas. O time de Marechal é o vice, com um ponto a menos.

Primeiro tempo de equilíbrio e reclamações

O jogo começou movimentado: a equipe de Guarapuava logo chegou com perigo com chutes de Jamur e Vitor. Alan também teve boa chance, mas foi parado com falta por Quinzinho. A Copagril respondeu rápido com grande chance de Pescoço, defendida por Ale Falcone. Na sobra da bola, Massarico também chegou com perigo, mas o goleiro visitante fez outra boa defesa.

Logo nos primeiros instantes, as duas equipes foram advertidas com grande número de faltas. Mas algumas eram simplesmente ignoradas pela arbitragem. O exemplo mais claro foi o de André Maluko, que teve sua camiseta rasgada, sem que a falta fosse marcada.

O jogo passou a ficar mais cadenciado, com marcação forte dos dois lados. Mesmo assim as chances de gol seguiam: Ale Falcone fez defesas garantindo o gol guarapuavana que também teve boa oportunidade em batida de Diego Fávero. A bola desviou e a arbitragem não viu o escanteio.

Nos últimos instantes da primeira etapa, a Copagril teve grande chance em uma falta muito próxima da área, mas o goleiro de Guarapuava evitou o gol. Já os visitantes tiveram grande chance com André Maluko.

Quando o apito soou para o intervalo, os dois supervisores das equipes foram conversar com a arbitragem, reclamando bastante da atuação da primeira etapa, que não agradou nenhuma das equipes.

Gols no segundo tempo

No começo da segunda etapa, a Copagril tentou marcar logo nos primeiros instantes: Willian obrigou Falcone a fazer grande defesa e Daniel mandou um chute que 'tirou tinta' da trave. Mas quando os donos da casa tentavam pressionar, o Guarapuava trabalhou bem jogada de contra-ataque, com Giovanni e Simi, que encontrou Vitor, livre de marcação, para só empurrar para o gol, com pouco mais de um minuto.

O gol incendiou a partida, que se tornou um verdadeiro 'toma da cá'. A Copagril se tornou ainda mais perigosa no ataque, mas, por outro lado, os guarapuavanos chegavam com muito perigo nos contra-golpes. Daniel e Leandrinho tiveram boas chances do lado da Copagril e Simi e Jamur assustaram o goleiro Quinzinho, quase ampliando a vantagem no marcador.

Aos 10 minutos, André Maluko deu uma cavadinha e encontrou Vitor livre de marcação. O fixo girou e tocou para o fundo das redes do goleiro Quinzinho. O segundo gol de Vitor desestabilizou a equipe da Copagril, que levou uma bola na trave de Simi Saiotti. Na jogada seguinte, Simi puxou pela direita, o seu marcador escorregou e o ala ficou livre para marcar o terceiro gol guarapuavano, mandando uma pancada por cima do goleiro rondonense.

Com o revés, a Copagril foi para jogada de goleiro-linha, com Leandrinho na posição. Mas a equipe de Guarapuava roubou a bola. Com categoria, Danilo Baron mandou para a meta, marcando o quarto gols dos visitantes.

Duas expulsões e reação tardia da Copagril

Nos instantes finais, cada uma das equipes teve um jogador expulso. Leandrinho cometeu falta dura levou o segundo amarelo e foi para o chuveiro. Logo depois, foi a vez de Danilo Baron também levar o amarelo amarelo pela segunda vez e ser excluído da partida.

Com isso, a Copagril seguia pressionando com goleiro-linha. Willian teve boa chance e Ale fez a defesa. Mas, na sequência, Rafinha acertou um belo chute de canhota, diminuindo a vantagem para 4x1, quando faltava pouco pouco mais de um minuto.

No minutos final, Guarapuava teve a chance de marcar o quinto, em cobrança de tiro-livre, mas Quinzinho defendeu cobrança de Jamur. Na jogada seguinte, os donos da casa marcaram o segundo gol, com William desviando, de letra, chute de Pescoço. Mas já era tarde para buscar a virada e a vitória guarapuavana se confirmou por 4x2.

Foco na Liga

Coma vitória no estadual, a equipe de Guarapuava passa a pensar no jogo do próximo sábado (dia 13), contra o Atlântico Erechim-RS, no Joaquinzão. Já a Copagril recebe o Corinthians-SP, também no sábado, no ginásio Ney Braga.



(Clique Esporte)

0 comentários:

Postar um comentário