14 novembro 2014

Chave Ouro: desfalcado, Cascavel vai confiante para jogo em Beltrão

Nesta sexta feira (14), o Muffatão/Sol do Oriente/Cascavel Futsal começa a disputa da semifinal da Chave Ouro, enfrentando o Marreco Futsal, no Arrudão em Francisco Beltrão. Com as ausências confirmadas de Guilherme e Arrepiu, por suspensão automática, e Wanderson que passará por procedimento cirúrgico, não jogando mais este ano, o Cascavel Futsal já se tinha conformado com as ausências, mas ontem mais uma contrariedade aconteceu.

O ala Diego no treino sofreu uma contratura no adutor, foi hoje avaliado pelo Fisioterapeuta Fernando Cazetta Jeronimo da Unifisio e irá fazer um exame na segunda feira, mas está fora do jogo desta sexta feira.

Para o técnico Nei Victor, essas contrariedades tem de motivar o grupo: "Na realidade são coisas que nunca desejamos, mas acontecem no esporte, temos de recuperar os lesionados, mas agora tenho de pensar nos que estão disponíveis e no jogo de amanhã, temos de estar concentrados no nosso objetivo, conhecemos o valor do Marreco, jogamos fora de casa, mas também sabemos do nosso valor e vamos para fazer um grande jogo, sermos muito decisivos, errar pouco para podermos trazer um resultado positivo para Cascavel."

Mas as ausências atrapalham? "Claro que sim, tenho menos opções, mas não podemos usar isso como desculpa de nada, quem vai jogar está a altura da responsabilidade e ira se doar ainda mais pelos companheiros que não vão poder ajudar, um grupo é isso, sem lamentações e com muita confiança no grupo."



(Assessoria)

0 comments:

Postar um comentário