26 novembro 2014

'Não prejudicaria nenhuma equipe em momento tão importante', diz árbitro do jogo Cascavel x Marreco

O jogo entre Cascavel e Cresol/Marreco Futsal, sábado, dia 22, no ginásio da Neva, pela semifinal da Série Ouro, teve um dos lances mais polêmicos do ano no futsal paranaense. No momento em que o goleiro Donny lançou a bola com as mãos, a bola quicou na entrada da área e Celinho deixou entrar. O árbitro número dois da partida, Daniel Beal, de Toledo, deu o gol favorável ao Cascavel, interpretando o toque de Celinho na bola antes de entrar. Portanto, segundo Beal, foi gol contra do goleiro beltronense.

A ação colocou novamente os cascavelenses no jogo, pois venciam a partida até o momento por 5 a 3. O resultado final foi uma virada histórica para o Cascavel por 6 a 5. Com isso, o time de Nei Victor vai enfrentar o Guarapuava na final.

Convicto de que acertou na marcação, o árbitro Daniel Beal difundiu nas redes sociais um vídeo da RPC em câmera lenta que mostra o toque de Celinho na bola. “Aproximando em slow motion, o toque é claro. Não tive dúvida na hora, por isso validei o tento com convicção. Não prejudicaria nenhuma equipe em momento tão importante na competição. Abraços e obrigado pelo apoio”, escreveu o árbitro em seu recado aos amigos.

Clique aqui e veja a reportagem da RPC TV.



(Adolfo Pegoraro)

0 comments:

Postar um comentário