24 agosto 2013

Copagril vai a Ponta Grossa com a cabeça na partida decisiva em Guarapuava



A Copagril/Sempre Vida/Daponte/MCR inicia nesta sexta-feira (23/08), uma viagem pela região central do estado, que terá uma escala em Ponta Grossa e seu destino final em Guarapuava. O primeiro compromisso desta mini-excursão será sábado (24/08), às 20h30, no ginásio Oscar Pereira. Lá, o time comandado pelo técnico fará diante do Keima Futsal sua sexta partida na 2ª fase da Chave Ouro. Atualmente na vice-liderança do Grupo A, com 12 pontos, e virtualmente classificado para as quartas-de-final, o time de Marechal Rondon tentará vencer os ponta-grossenses para seguirem na colar do líder Cascavel, que tem 17 pontos em sete partidas.

Mesmo sabendo que esta partida pelo Estadual tem sua importância, não há como deixar de lado o fato de que o grande objetivo da equipe rondonense é chegar bem para o duelo contra o Guarapuava, que acontece na segunda-feira (26/08), no ginásio Joaquim Prestes. O duelo pela 2ª fase da Liga Futsal será decisivo para ambas as equipes, especialmente para os guarapuavanos, que têm apenas dois pontos em quatro jogos e precisam da vitória a todo custo para seguirem com chances de classificação para o mata-mata da competição nacional. Já para a Copagril, que soma seis pontos, caso consiga ao menos um empate e ainda conte com uma derrota do Umuarama, que irá receber o já classificado Orlândia no mesmo dia, a vaga nas quartas-de-final estará garantida.

Melhores defesas

No jogo em Ponta Grossa, estarão frente a frente as equipes com as melhores defesas nesta segunda fase do estadual. Ambas sofreram apenas oito gols nas cinco partidas que disputaram até aqui. Com aproveitamento melhor que o Keima Futsal até o momento, a Copagril soma 12 pontos ganhos contra apenas 07 da equipe de Ponta Grossa.

Keima e Copagril já se enfrentaram em duas oportunidades nesta temporada, com a equipe do oeste levando vantagem nas duas partidas, 1 a 0 na primeira fase e 3 a 1 nesta segunda fase, pelo primeiro turno. Agora, no returno, o Keima tenta quebrar a 'invencibilidade' do adversário, e para isso contará com equipe praticamente completa. O único a ficar de fora é o ala Émerson, que esta em fase final de recuperação de lesão no joelho.

Se vencer o Marechal neste sábado, o Keima quebra também a escrita de nunca ter vencido a equipe adversária pela Chave Ouro. No ano passado, as equipes se enfrentaram duas vezes, com vitórias do adversário por 3 a 1 jogando em Ponta Grossa e 3 a 0 em Marechal Cândido Rondon. E para conseguir este objetivo, o técnico Luciano Bonfim segue intensificando os treinamentos para encarar um adversário de muita qualidade: " É uma equipe muito bem comandada, que tem jogadores de excelente qualidade, que arriscam bastante em jogadas individuiais, e principalmente, por ter uma excelente disposição tática, principalmente defensiva. É uma equipe que marca bem, o que deverá dificultar nossa equipe na busca pela vitória."

(Olho na Bola/Keima Futsal)