29 novembro 2013

Entrevista: santa-helenense Marlus Sokolowski acerta com Umuarama Futsal



Marlus Francisco Sokolowski, o Marlão acertou com o Umuarama Futsal para a temporada 2014. Ex-Foz Cataratas, o profissional assume o posto de preparador físico da equipe e terá a missão de deixar os atletas umuaramenses em condições para disputar a Liga Nacional e também do Paranaense Chave Ouro, competições que neste ano o Umuarama Futsal não conseguiu ir bem e foi eliminado em ambas. Na Ouro, a equipe caiu fora na semifinal para a Copagril de forma trágica. Em Marechal empatou em 2x2 e em casa foi goleado por 6x2.

Com contrato de 11 meses e a possibilidade de renovação ao fim do vínculo, Marlus encara tudo isso como um novo desafio. Ele afirma que trabalhar em uma equipe de cenário nacional é um sonho. Marlão ainda agradeceu a sua ex-equipe, o Foz Cataratas. Segundo o preparador, se o Foz não o contratasse neste ano a oportunidade de trabalhar no Umuarama não teria surgido. Confira a entrevista com Marlus Francisco Sokolowski.

Marcos Langaro: como você encara esse novo desafio de ser preparador físico do Umuarama Futsal?

Marlão: Acho que na vida de qualquer profissional os desafios tem de ser encarados de maneira positiva. É um sonho que estou realizando. Trabalhar como preparador físico de um time de Liga Nacional requer muito esforço e dedicação e acima de tudo muito estudo. Estou muito feliz com essa oportunidade e farei o possível para alcançar os objetivos da equipe.

Marcos Langaro: como foram as conversas para você assumir o posto na equipe?

Marlão: No meio do futsal sempre existem as amizades e o conhecimento de várias pessoas, principalmente quando se trata de confrontos. Neste ano, quando trabalhava no Foz Cataratas, enfrentamos a equipe de Umuarama por três vezes. O supervisor da equipe, Irio Broz, me fez o convite há duas semanas, vínhamos conversando e na noite de quarta formalizamos o acerto.

Marcos Langaro: E as expectativas para os trabalhos como estão?

Marlão: As melhores possíveis, isto pra mim ainda está uma coisa nova, pra jogador é muito mais fácil conseguir disputar uma Liga Nacional, mas preparador físico nem sempre é tão fácil, essa oportunidade pode ser única. Estou em meu melhor momento profissional e preparado pra encarar com muito profissionalismo e dedicação esta empreitada.

Marcos Langaro: como é para você trabalhar em uma equipe que disputará a Liga Nacional?

Marlão: Isso é o que me fez aceitar esse convite. Essa proposta, visibilidade e valorização do trabalho. Acho que quanto mais a gente se dedica mais os frutos aparecem. A Liga Nacional é uma vitrine para muitas pessoas e uma boa campanha da equipe pode render frutos para todos, acredito que a motivação se torna ainda maior, estou feliz com tudo isso e vejo isso como um fator positivo para a minha vida daqui em diante.

Marlos Langaro: tem informações sobre a equipe do Umuarama?

Marlão: A equipe está passando por uma reformulação completa, uma nova comissão técnica e diversos jogadores novos. Haverá mudanças após o término dos Jogos Abertos e será definido quem permanece, mas virá contratações. O time será mais jovem. O treinador é experiente e será Manoel Pasquale, o Maneca.