25 janeiro 2014

Santa-helenense disputa Gauchão pelo Aimoré; próximo confronto é contra titulares do Grêmio

Mais um santa-helenense vem trilhando seu futuro no futebol. Trata-se de Moacir Wilmsen, o Paraguaio. Ele está disputado o Campeonato Gaúcho defendendo as cores do Aimoré. Sua equipe pega, nada mais, nada menos que o Grêmio no próximo domingo, as 19h30. Grêmio que colocará em campo todos seus titulares.

Atacante de muita velocidade e raça, Moacir tem um bom histórico em Santa Helena. Disputou inúmeros campeonatos defendendo a Escolinha de Futebol do Atlético Paranaense, comandada por Dade e Pedrinho. Além disso, ganhou bolsa de estudos no Colégio Santo Antonio para disputar jogos escolares pelo educandário.

De Santa Helena, Paraguaio foi com seus pais e mais três irmãos morar em Santa Catarina. Hoje, atuando no Aimoré do Rio Grande do Sul, que no campeonato gaúcho, até agora não somou nenhum ponto, busca o sonho de se tornar reconhecido no cenário nacional. No Aimoré, Moacir é reserva, mas sempre que entra vem fazendo bons jogos.

- Estou esperando a minha chance. Vontade é o que não me falta. É ter fé em Deus que ele nos ajuda e sabe o que faz. Eu quero fazer um bom gauchão esse ano e se Deus quiser ir pra um time de maior nome no futebol - disse.

No sul, Moacir afirmou que as coisas estão bem. Ele disse ainda que lá nada é fácil, pois o campeonato gaúcho é muito truncado, com fortes divididas. Para domingo, dia do jogo contra o Grêmio, ele acredita que sua equipe fará uma boa partida.

- Expectativa muito boa jogo contra o Grêmio será difícil. Mas a minha expectativa e muito boa estou confiante que posso fazer uma boa partida e sair de lá com os três pontos - ressaltou.

Paraguaio defendendo jogando pelo Aimoré contra o Inter B
Na conquista da Copa Oeste de Futebol de 2010 pela Escolinha do
CAP de Santa Helena, Paraguaio está na fila do meio fazendo sinal de positivo
e 'virando o rosto'. O casal abraçado do lado direito são seus pais.