26 abril 2014

Na Fronteira, Foz Cataratas e Keima medem forças

O Foz Cataratas Futsal volta a jogar diante da sua torcida pela Chave Ouro 2014. O confronto, válido pela 6º rodada do Paranaense, será contra o Keima/Operário Futsal, de Ponta Grossa, neste sábado, 26, às 20h30, no Ginásio Costa Cavalcanti.

Com cinco pontos conquistados em quatro jogos, o time iguaçuense está em 7º lugar na classificação geral do Paranaense. Nos treinos desta semana, após a folga do feriado de Páscoa, o treinador Luciano Santos intensificou o ritmo visando o compromisso deste sábado.

“Os três pontos deste jogo são de extrema importância para seguirmos entre os primeiros na tabela. Por isso estamos trabalhando intensamente a parte física, tática e psicológica da equipe”, Luciano explicou ainda que nesses últimos treinos foi possível trabalhar algumas deficiências apresentadas pela equipe na derrota diante do Umuarama, “pegamos firme nas bolas de média distância, jogadas de escanteio e jogadas ensaiadas. Esse aprimoramento é fundamental para o bom rendimento durante os jogos”.

A boa notícia para este jogo será o retorno de dois jogadores que ficaram um longo no departamento médico: Rodolfo Silva se recuperou de uma entorse no tornozelo. O ala Graffiti, depois de tratamento de uma lesão no ombro, fará sua estreia no Paranaense deste ano com a camisa do Foz Cataratas. “Não vejo a hora de entrar em quadra novamente. Ficar afastado por lesão é muito difícil, por isso a ansiedade é grande para voltar e ajudar o time”, afirmou Graffiti.

O ingresso antecipado para o jogo contra o Ponta Grossa pode ser adquirido por R$ 5,00, nos Pontos de Vendas: Casas Ajita – Centro. Ou R$ 10,00 na bilheteria do Ginásio Costa Cavalcanti.

Keima vai confiante em bom resultado

O Keima, apesar das dificuldades encontradas durante a semana para conseguir treinar, devido a falta de quadra com dimensões oficiais, viaja mais confiante nesta sexta feira devido ao bom resultado obtido no último sábado, contra o Clevelândia. A vitória por 5 a 2 deu novo ânimo ao grupo de jogadores, que esperam agora voltar de Foz do Iguaçu com outro bom resultado. Mas para que o objetivo seja alcançado, o técnico Márcio Borges não poderá contar com o ala Tato e o pivô Édson, suspensos. Carrapicho, ainda em tratamento, também segue com desfalque. Contudo, a equipe ganha os retornos de Gleyson e Edigleuson, além do goleiro Rafinha, que não estiveram em quadra na vitória sobre o Clevelândia.

A partida marca ainda o encontro dos vice artilheiros da Chave Ouro. Romarinho (Foz) e Dilvo (Keima) dividem a vice artilharia com 5 gols marcados, um a meno que o artilheiro da competição, o ala Caça, do Cascavel, que já balançou as redes em 6 oportunidades. O confronto tem ainda o encontro do terceiro melhor ataque (Keima, 15 gols) com a quinta melhor defesa (Foz Cataratas, 8 gols).



(Radio Gol/Assessoria)