12 maio 2014

Real aproveita fragilidade do Nacional em Sub-Sede e vence de virada

Realmente, a casa do Nacional não é Sub-Sede. Até aqui, foram três jogos e três derrotas. Neste domingo, o clube grená perdeu por 2x1 de virada e estacionou na quarta colocação da tabela. Já o Real pulou para a terceira colocação, a um ponto do segundo colocado e a 5 do líder São Luis.

O jogo começou amarrado, as duas equipes se estudavam e pouco atacavam e quando iam, os lances não levavam muito perigo. O placar foi aberto por Dieyson. O meia cobrou falta lateral com efeito, direto no gol. A trajetória da bola pegou o goleiro Maicon adiantado que se espichou, mas não alcançou, Nacional 1x0.

Com o gol o Nacional recuou. As bolas alçadas na área era um perigo. Os gigantes Fábio o ‘El bigodon’ e João Tormes dificilmente conseguiam ser marcados. Além deles, o atacante Tuta também levava perigo. O primeiro tempo terminou em 1x0 para os donos da casa.

No segundo tempo, o Real voltou com força, mas esbarrava na defesa ou no goleiro Cristiano. O Nacional brincava com a sorte e por pouco clube de São Roque não empatou. Faltava sorte para o Real. A situação ficou ainda mais complicada quando Leandro foi expulso. O lateral ganhou cartão amarelo por reclamação e logo depois fez falta dura em Sandrinho, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Mas o que era para melhorar para os lados de Sub-Sede, começou a piorar. O Nacional perdeu Pedrinho, que sentiu uma lesão na coxa. A equipe, mesmo com um jogador a mais, era pressionada pelo Real, que buscava a todo custo o gol de empate. Em uma bobeira o lateral cruzou para a área. A zaga do Nacional ficou só olhando e Alce apareceu livre dentro da pequena área. O atacante furou no primeiro momento e caiu, mesmo no chão ele girou e empurrou para as redes empatando a partida, 1x1.

Quem pensava que o Real ia recuar se enganou. O clube foi com força para virar e conseguiu. O arbitro da partida viu falta de Andrezão em Fabio. O lance revoltou os jogadores do Nacional, que tiveram o volante Edson Rech expulso. Na cobrança João Tormes mandou na barreira, no rebote, quase no bico da grande área, o mesmo João chutou e acertou o canto direito de Cristiano, virando a partida aos 89 minutos, 2x1 e placar final.

Confira a classificação e resultados do amador:
LIVRE
SUB-21

Sub-21

No sub-21 houve a maior goleada da competição até aqui. O Nacional aplicou 7 a 0 no Real e entrou no G4. Na partida, o meia Jean Schu do Real foi expulso. O clube de São Roque segue na última colocação com nenhum ponto.