30 maio 2014

Santa Helena empata primeiro jogo da semifinal do Difusora/Copagril

Por pouco Santa Helena não saiu vitoriosa do confronto de ontem, válido pela primeira partida das semifinais do Troféu Difusora/Copagril de Futsal, disputada ontem, no Ginásio de Esportes Ney Braga de Marechal Candido Rondon. Os atuais campeões, Cataratas Empreendimentos/Laborte Tintas/Jaclani Sports empatou o jogo restando 2 minutos para o fim da partida e o empate em 3x3, deixou em aberto o futuro das equipes na competição.

Jogo

O jogo começou amarrado. Era lá e cá. Os rondonenses mostravam mais domínio sobre o jogo e tinha maior posse de bola, principalmente com seus dois melhores jogadores, Rafa Kerber e Maicon. Mas quem assustou primeiro foi Santa Helena. Adautinho perdeu duas oportunidades seguidas para abrir o placar. A primeira recebeu passe de Neguinho e com o gol aberto tocou fraco. Na segunda, cara a cara com o goleiro, tentou por cobertura e a bola foi para fora.

E o velho ditado: quem não faz leva. A bola foi espirrada para a defesa. O goleiro Maicon de Santa Helena saiu da área para pegar a bola e quando foi tocar, seu pé travou. Márcio foi esperto, tomou a bola do arqueiro e empurrou para o gol aberto, abrindo o placar no Ney Braga, 1x0 Cataratas.

O jogo continuou truncado. Santa Helena aparecia melhor com as jogadas de Fritz e Adauto, mas quem marcou novamente foi a equipe de Marechal. Os santa-helenenses erraram na marcação, a bola foi rolada para o meio e Marcos apareceu livre e guardou, 2x0 Cataratas.

Não estava dando nada certo para Santa Helena e uma goleada parecia que estava se formando, mas Fritz reascendeu a esperança com um golaço. O pivô recebeu de costas e fez sua melhor jogada: girou em cima do marcador e mandou a bola na gaveta, sem chances para o goleiro rondonense. Santa Helena continuou em cima, mas o primeiro tempo terminou, Cataratas 2x1 Santa Helena.

O segundo tempo começou nos mesmos moldes do primeiro, com um jogo duro. Enquanto Santa Helena errava muitos passes, o Cataratas perdia várias chances de ampliar, parando no arqueiro Maicon. Santa Helena também desperdiçava. Fritz novamente fez sua jogada característica, girou e cara a cara chutou cruzado para fora.

Uma pequena confusão esquentou os ânimos da moçada em quadra. Thomas trombou com Edson Rech dentro da área e caiu. Rech, na tentativa de erguer o rondonense, o pegou pela mão e puxou. Causando um principio de confusão. O goleiro santa-helenense também comprou a parada e juntamente com Thomas, recebeu o cartão amarelo.

Após o fato, Santa Helena cresceu no jogo. Gabrielzinho que havia entrado apagado no primeiro tempo, colocou fogo na partida com duas arrancadas que deixou os marcadores para traz. Na primeira o próprio Gabrielzinho chutou para grande defesa do goleiro de Marechal. Na segunda, passou para Neguinho que também perdeu.

O Cataratas também assustava. Rafa Kerber limpou os marcadores e adiantou a bola, o goleiro Maicon saiu, mas o rondonense, de passadas largas e grande habilidade, conseguiu tirar do arqueiro santa-helenense, a bola caprichosamente bateu na trave e saiu. No lance seguinte, Santa Helena empatou com Sandrinho.

Adautinho roubou a bola no campo de defesa e partiu no contra golpe. Eram 3 santa-helenenses contra 2 rondonenses. Adautinho tocou errado, mas Osmarzinho tentou dar um bico para lateral e acabou entregando a bola no pé de Sandrinho. O ala tocou rápido no pivô Fritz, que de frente com o goleiro, rolou para o Sandrinho, que só empurrou, igualando o marcador, 2x2.

O gol acordou a torcida santa-helenense presente no Ney Braga que voltou a incentivar a equipe e o resultado apareceu. Santa Helena continuou em cima para virar o placar e conseguiu novamente com o artilheiro Fritz. Sandrinho recebeu pela direita e bateu cruzado, o goleiro rondonense bateu roupa e no rebote Fritz estufou as redes, colocando Santa Helena na frente do marcador, 3x2 e restavam 4 minutos para o final da partida. No lance do terceiro gol, o goleiro do Cataratas quebrou o dedo da mão, ao tentar segurar a bola, prensada com Fritz e  foi substituído.

Marechal foi para o tudo ou nada com o goleiro linha. Eles trabalhavam a bola buscando uma oportunidade para empatar. Os rondonenses buscavam o gol a todo custo e a chance apareceu e não foi desperdiçada. Novamente Thomas recebeu no fundo e chutou forte, sem chances para o goleiro Maicon, 3x3. No final, o Cataratas continuou com o goleiro linha, mas o placar ficou mesmo empatado em 3x3.

A segunda e decisiva partida das semifinais acontecerá na próxima quinta-feira (05), no Ginásio Municipal de Esportes Bragadinho de Pato Bragado. O duelo está marcado para acontecer as 19h45. Quem vencer leva a vaga na grande final. Em caso de empate o jogo vai para a prorrogação e se a igualdade persistir o finalista será decidido nas penalidades.

Na preliminar, Pato Bragado empatou em 1x1 com Nova Santa Rosa no outro jogo da semifinal. A equipe bragadense perdia até o último minuto, quando empataram a partida, após bela participação do goleiro linha. Pato e Nova Santa Rosa também se enfrentam na próxima quinta-feira, as 20h45.