31 julho 2014

Chave Ouro: Guarapuava e Marreco ficam no empate

Pela segunda fase do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro, as equipes do Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve e do Cresol/Marreco Futsal empataram em 3x3, em partida válida pelo grupo B. As duas equipes somam quatro pontos e estão empatadas em segundo lugar. O líder é o time de Marechal Cândido Rondon, com seis pontos ganhos.


O time do Marreco tem se mostrado como a 'pedra no sapato' na temporada do time de Guarapuava. Na Primeira Fase do estadual, a equipe de Francisco Beltrão foi a única a vencer os guarapuavanos e na noite desta quarta-feira (30), o Marreco esteve perto de repetir a dose, mas os donos da casa chegaram ao empate quando faltavam três minutos para o final.

O jogo

Depois de jogar no sábado e na segunda-feira, pela Liga Futsal, o Poker iniciou a partida em um ritmo cadenciado. O Marreco, por outro lado, surgia bem no ataque, principalmente com Barbosinha, que fez o goleiro Danilo (que retornava à equipe titular depois de três meses) fazer boas defesas.

O jogo seguia com as duas equipes buscando o ataque, mas quem converteu primeiro foi o Guarapuava, com Bruno Petry completando, dentro da área, um chute forte de Jamur, aos 10 minutos. Os visitantes responderam rápido: aos 15, Magui dividiu com Alan e completou cruzamento para empatar a partida em 1x1.

O Guarapuava tinha maior volume e chegava bem ao gol adversário. Na melhor oportunidade da primeira etapa, Alan ficou cara a cara com Celinho, mas o chute foi em cima do goleiro. O Marreco respondeu com Barbosinha, que fintou a defesa e chutou com perigo.

No intervalo, o técnico Baiano reclamou bastante da arbitragem, pelas marcações de faltas na primeira etapa. No começo do segundo tempo, o time beltronense marcou pela segunda vez, em boa tabela de Jean Neguinho e Barbosinha: 2x1. Com o revés o Guarapuava foi para cima e o empate veio aos 3 minutos: Felipinho levou a bola até a linha de fundo e cruzou para Marquinhos empatar a partida novamente.

O gol animou os guarapuavanos que fizeram uma verdadeira 'blitz' contra o gol do Marreco. Jamur e Bruno Petry tiveram boas chances para virar o jogo, mas a sorte parecia estar mesmo do lado adversário: aos 12 minutos Jamur tentou cortar um cruzamento e jogou contra a sua meta. Gol contra que deixou mais uma vez os beltronenses na frente: 3x2.

Para piorar ainda mais a situação, o time guarapuavano estourou o número de faltas quando faltavam 7 minutos para o fim e Bruno Petry voltou a perder uma grande chance, aos 15 minutos, acertando a trave de Celinho. Quando faltavam três minutos, Biro entrou na posição de goleiro linha e 12 segundos depois, o Poker chegou ao empate com um chute forte de Vitor: 3x3.

No final, a arbitragem marcou falta em dois lances contra Guarapuava. Os jogadores e a comissão técnica do Marreco reclamaram muito, pedindo o tiro livre. Naquele clima tenso, de final de partida, houve um empurra-empurra, mas os ânimos foram contidos e o jogo terminou mesmo em igualdade no placar.



(Clique Esporte)

0 comentários:

Postar um comentário