07 setembro 2014

Chave Ouro: na raça, Guarapuava supera o Marreco, em Francisco Beltrão

Não foi uma partida perfeita, mas o time do Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve fez o necessário para vencer Cresol/Marreco Futsal, em pleno ginásio Arrudão, por 2x1, na noite deste sábado (dia 7), em partida válida pela segunda fase do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro. Em um jogo muito equilibrado os guarapuavanos aproveitaram melhor as oportunidades e subiram para a vice-liderança do grupo A, com 13 pontos. O Marreco tem o mesmo número de pontos, mas leva desvantagem nos critérios de desempate.

Desfalques

Além de ter encarar a boa equipe do Marreco com força máxima e empurrada pela torcida que lotou o ginásio Arrudão, a equipe guarapuavana foi para o jogo com vários desfalques. O técnico Baiano não pode contar com os jogadores de linha Adeírton, Marquinhos, Deivão, Bruno Petry e Harry. Além disso, o treinador não pode contar com os goleiros Ale Falcone (suspenso) e Guto (que já atuou na Chave Ouro por Clevelândia). Com isso, mesmo sem estar totalmente recuperado de lesão, o goleiro Danilo foi para o jogo. No banco de reservas, foi relacionado o jovem arqueiro Xuxa, recém promovido das categorias de base.

O jogo

Com a bola rolando, o jogo começou com o Marreco pressionando bastante, empolgado com o apoio de sua torcida, mas quem chegou primeiro ao gol foi o time de Guarapuava. Depois de jogada com abola de pé em pé PH acertou a trave, o próprio PH pegou o rebote e bateu rasteiro, sem chances para o goleiro Celinho.

Depois do revés, o Marreco não se intimidou e foi para coma. Pardal teve duas boas chances, sendo que na segunda a bola acertou a trave. A pressão seguiu até que, depois de uma saída errada de bola da equipe de Guarapuava, Suelton teve a chance. Danilo fez grande defesa, mas, no rebote, Banana empatou o jogo em 1x1.

O jogo seguiu 'pegado', o Marreco chegava mais ao ataque, enquanto o Guarapuava levava muito perigo nos contra-golpes. Na grade chance para o Marreco virar na primeira etapa, Emerson ficou cara-a-cara com Danilo, que fez grande defesa. Barbosinha também teve boa chance, nos últimos segundos e, mais uma vez, Danilo salvou o Poker.

O segundo tempo continuou equilibrado: o Marreco tentava tirar vantagem do fator casa, mas o Guarapuava marcava muito forte e por muito pouco não voltou a marcar com André  Maluko, em jogada de contra-ataque. Celinho fez um 'milagre' e evitou o gol.

O jogo seguia com chances de ambos os lados, mas o placar continuava empatado: Danilo Baron, Jamur e Simi fazerem o goleiro betronense trabalhar. Na sequência Banana assustou a defesa guarapuavana com duas bolas que passou muito perto da meta. O placar só se modificou quando faltavam sete minutos para o final: Jamur gingou em cima da marcação e mandou uma bomba, sem defesa para Celinho: 2x1 para Guarapuava.

Com o revés, o Marreco foi para o tudo ou nada, com Emerson na posição de goleiro-linha. O jogo ficou eletrizante, com uma pressão muito grande dos donos da casa e boas chances dos guarapuavanos, tentando marcar com o gol dos donos da casa desprotegido. No minuto final, Jean Neguinho acertou a trave e o placar se manteve em 2x1 para a equipe do Poker, que comemorou mais uma vitória no estadual.

Rodada de visitantes

Mais duas partidas foram disputadas no sábado, pela Chave Ouro, as duas pelo grupo B. Em Ampére, em uma partida marcada por várias expulsões, o Ampére perdeu para o Foz por 6x3. Em Umuarama, o Cascavel superou a equipe local por 3x2. Na sexta-feira, dia 6, a Copagril goleou o São Lucas, de Paranavaí, por 7x2.

Com os resultados, já estão garantidos na próxima fase as equipes da Copagril, Guarapuava, Marreco, Cascavel, Umuarama e Foz Cataratas.



(Clique Esporte)

0 comentários:

Postar um comentário