24 novembro 2014

Chave Ouro: Em jogo épico, Guarapuava vira sobre Umuarama e garante vaga na final

Os mais de 2500 torcedores que compareceram ao ginásio Joaquim Prestes na noite deste sábado (dia 22), presenciaram um dos jogos mais emocionantes da temporada. Pela partida de volta das semifinais do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro, as equipes do Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve e do Umuarama Futsal protagonizaram um jogo muito disputado e cheio de alternativas. Depois de 40 minutos de um verdadeiro 'teste para cardíaco', os guarapuavanos venceram de virada, por 6x4, e garantiram a classificação para a final. Na decisão do estadual, o adversário do Poker será a equipe do Muffatão/Sol do Oriente/Cascavel Futsal que venceu, também de virada, o Cresol/Marreco Futsal, por 6x5.

O jogo

Mesmo antes do jogo começar, os nervos já estavam à flor da pele. Tanto que o técnico Baiano, do Guarapuava, precisou ser atendido pelos enfermeiros que estavam no ginásio. O treinador estava com a pressão alterada pelo nervosismo e teve que se ausentar da quadra por boa parte da primeira etapa.

Com a bola rolando, os donos da casa tentavam se impor. Aos dois minutos, Diego Fávero acertou a trave do goleiro Ari, mas quem chegou primeiro ao gol foi o time de Umuarama: aos cinco minutos, Sol Sales dominou, venceu a marcação e bateu firme, no ângulo de Ale Falcone. Para piorar ainda mais a situação dos guarapuavanos, alguns segundos depois do tento de abertura, Jamur tentou sair driblando na defesa, mas Sol Sales roubou a bola e bateu na saída do goleiro, aumentando a vantagem para 2x0.

A equipe do Poker sentiu o 'baque' depois dos dois gols dos visitantes. O ala Jamur era o que mais transparecia a dificuldade, errando vários passes e sendo substituído por Danilo Baron. Mas, aos poucos, o time de Guarapuava foi 'voltando aos eixos' e aos 12 minutos, Simi Saiotti (que era dúvida horas antes da partida) aproveitou uma bobeada da defesa adversária, fez o pivô e bateu sem chances para Ari: 2x1.

O gol mudou a cara do jogo: Diego Fávero deu lindo lençol no goleiro do Umuarama, mas a bola bateu no travessão. A pressão continuou até que, aos 13, Simi completou cobrança de escanteio para deixar tudo igual: 2x2.

O primeiro tempo ainda teria muita emoção. As duas equipes chegaram rapidamente à quinta falta, mas nenhuma ultrapassou o limite. Faltando quatro minutos para o fim da primeira etapa, Éder chutou e Ale Falcone aceitou, mas a arbitragem marcou saída de bola em lateral, antes da conclusão da jogada.

Empurrada pela torcida, a equipe guarapuavana seguia mais ofensiva no final da primeira etapa. O ritmo continuou o mesmo no começo do segundo tempo, mas a bola só voltaria a entrar na meta adversária aos cinco minutos da etapa final, novamente com Simi Saiotti, que acertou o canto do goleiro Deivid, marcando pela terceira vez na noite: 3x2.

Com o revés, os visitantes se soltaram mais no ataque. Samuel teve uma grande chance, mas chutou por cima. Logo depois, Schneider acertou o travessão. Aos nove minutos, finalmente o Umuarama conseguiu igualar o placar, aproveitando falha de Ale Falcone, que tentou sair jogando, mas acabou deixando Éder livre para empatar: 3x3.

Aos 11 minutos, o jogador Samuel, do Umuarama, foi advertido com o segundo cartão amarelo em foi expulso. Com um a mais em quadra, o Poker foi 'martelando' o gol adversário até que André Maluko balançou a rede, deixando os donos da casa mais uma vez na frente: 4x3.

Nos minutos finais, Augusto entrou na posição de goleiro-linha e a pressão mudou de lado. Quando faltavam três minutos para o final, Sol Sales dominou, levou a defesa e bateu firme, com muita categoria, para empatar o jogo em 4x4.

Como o placar da primeira partida também foi de empate (3x3) tudo indicava que haveria um terceiro jogo, para decidir a vaga. Mas as equipes foram ao ataque e, quando faltavam 44 segundos para o fim, o goleiro Ari subiu à quadra adversária para tentar o chute. O arqueiro perdeu a bola e cometeu falta, para evitar o gol do Guarapuava. O resultado foi a expulsão de Ari e tiro livre para os guarapuavanos.

Na cobrança, coube ao ala Jamur, recuperar-se no jogo e marcar o quinto gol, abrindo o caminho para a classificação. Faltando 19 segundos para o final da partida, Ale Falcone lançou com as mãos para o ataque e, com o gol desprotegido, Diego Fávero completou de carrinho, definindo o placar em 6x4.

Decisão

A grande final da Chave Ouro colocará frente a frente as equipes de Guarapuava e Cascavel, repetindo a final do ano de 2010, quando os guarapuavanos conquistaram seu único título estadual (o Cascavel vai em busca da sexta conquista). Também a exemplo de 2010, os guarapuavanos decidirão em casa a segunda partida da final, por terem feito a melhor campanha da fase classificatória.

O primeiro jogo da decisão será disputado no dia 29, no ginásio da Neva, em Cascavel. Nos próximos dias, a FPFS deverá oficializar as datas e os horários das partidas finais.

FICHA TÉCNICA

GUARAPUAVA FUTSAL 6X4 UMUARAMA FUTSAL
Jogo de volta da semifinal do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro
Data: 22/11/2014 (20h30)
Local: Ginásio Municipal Prefeito Joaquim Prestes (Joaquinzão), em Guarapuava-PR
Público total: 2559 pessoas

Árbitro 1: Flávio Marques (Londrina)
Árbitro 2: Cláudio Teixeira Lombardi (Palmas)
Anotador: Alexandre Albertoni Neto (Londrina)
Cronometrista: Sidnei Teixeira (Curitiba)
Representante: Antônio Carlos Abrão (Curitiba)

GUARAPUAVA FUTSAL
Começaram: Ale Falcone; Vitor, Diego Fávero, Danilo Baron e André Maluko
Entraram: Giovanni, PH, Simi Saiotti, Jamur, Adeírton e Felipinho
Técnico: Eduardo Pacheco Coelho (Baiano)

UMUARAMA FUTSAL
Começaram: Ari; Boni, Yuri, Eder e Pedro
Entraram: Sol Sales, Augusto, Schneider, Rodrigo, Samuel, Douglas, Deividi e Fuska
Técnico: Manoel Pasquale (Maneca)

Gols do Guarapuava: Simi (3 vezes), André Maluko, Jamur e Diego Fávero
Gols do Umuarama: Sol Sales (3 vezes) e Eder
Expulsões: Samuel (Umuarama) e Ari (Umuarama)



(Clique Esporte)

0 comments:

Postar um comentário