07 maio 2015

Santa Helena: alunos querem apoio dos professores e reivindicam participação nos Jogos Escolares

Os alunos das escolas estaduais de Santa Helena estão indignados com a não participação das equipes na Fase Regional dos Jogos Escolares do Paraná (JEPs) e Jogos Bom de Bola. Nesta manhã, um grupo de estudantes esteve na prefeitura de Santa Helena reunidos com o prefeito Jucerlei Sotoriva, para reivindicar a participação nas competições.

Segundo o estudante do Colégio Estadual Humberto de Alencar Castelo Branco, Lucas Martins, os jogos é um direito dos alunos conquistado a muitos anos. Ele ainda destacou que os alunos apóiam a greve dos professores, mas agora os professores não estão apoiando os estudantes. Lucas ressaltou que os atletas/estudantes estão exigindo respeito pela decisão de participar dos JEPs e do Bom de Bola.

- Estamos aqui devido ao veto da nossa participação nos Jogos e em favor de todos os alunos que participaram da Fase Municipal. Os jogos acontecerão nas mesmas datas. É um direito nosso. Exigimos respeito pela nossa decisão e nossa opinião. Apoiamos a luta dos professores, mas agora são eles (os professores) que não estão nos defendendo. Queremos apoio dos professores, pois sem eles não podemos participar – ressaltou.

Durante a conversa com Jucerlei Sotoriva, os alunos falaram sobre a situação. Sotoriva entendeu e disse que a prefeitura apóia os estudantes. Ele ainda confirmou que haverá jogos em Santa Helena. Durante a conversa, o prefeito ligou para o líder da APP-Sindicato no município, Ailton de Brito para falar sobre o apoio aos estudantes. Após o encontro, Jucerlei e o vice-prefeito Margon Strassburguer foram até a praça central de Santa Helena onde conversam com os professores que estão reunidos. Uma resposta definitiva dos educandários deve ser dada ainda hoje.


Sobre os JEPs e o Bom de Bola, algumas equipes de Escolas Estaduais não irão participar. Até o momento, apenas o município de Guaíra confirmou que não irá vir com as equipes para as competições. Em outros municípios, algumas escolas desistiram e estão sendo substituídas por escolas privadas.

0 comentários:

Postar um comentário