18 maio 2021

Brasileiros seguem 100% e se classificam antecipadamente na Libertadores de Futsal

 Nesta segunda-feira (17) foi realizada a segunda rodada da fase de grupos da edição 2021 da CONMEBOL Libertadores Futsal, no Uruguai, no  Polideportivo 10 de Julio, na localidade de Florida, distante a 104 quilômetros ao norte da capital Montevidéu. Carlos Barbosa, Corinthians, Delta Te Quiero, Cerro Porteño e Alianza Platanera já se garantiram no mata-mata.

Pelo Grupo A, o Universitario-PER derrotou o Sportivo Bocca-COL por 4 a 2, de virada. Manuel Millares, Jorge Aguilar, Angello Paipay e Jorge Aguilar marcaram para os peruanos e Jordan José Mercado y Richard Henderson Gutiérrez anotaram os tentos colombianos.

Em seguida, um gol solitário de Murilo, no primeiro tempo, deu a vitória ao tricampeão Carlos Barbosa sobre o San Lorenzo-ARG: 1 x 0. O resultado colocou os brasileiros nas quartas de final de forma antecipada. A ACBF lidera com seis pontos ganhos, três a mais que San Lorenzo e Universitario. O Sportivo Bocca ainda não pontuou e já está eliminado.

Pelo Grupo B, o Corinthians goleou o Proyecto Latín-BOL por 9 a 1, com gols de Guilherme, Fernando, Tatinho, Deives, Jefferson, Jackson (2), Rabisco e Eder Lima. Alan Daniel Valda descontou para os bolivanos.

Depois, o Delta Te Quiero-VEN meteu 3 a 0 no Peñarol-URU, com gols de Jorge Preciado, Carlos Jiménez y Wilmer Ronaldo Cabarcas. Assim, os venezuelanos dividem a liderança com o Timão, ambos com seis pontos ganhos (100% de aproveitamento).

Campeão em 2016, o Cerro Porteño-PAR fez 4 a 1 na Universidad de Chile-CHI, pelo Grupo C. Enmanuel Ayala (2), Francisco Martínez e Agustin Cafure anotaram para a equipe azulgrana. Frank Jordan Carrasco converteu o único tento dos chilenos.

Por fim, o Alianza Platanera-COL ganhou por 3 a 1 do Nacional-URU, gols de Jeison Padilla, Jefferson Moreno e Daniel Gallego. Joaquin Varietti balançou as redes para os uruguaios, que estão na lanterna, ainda com zero ponto. Cerro e Alianza lideram com quatro, um a mais que a U de Chile.



Fonte: Vinicius Fernandes Batista - Armação dos Búzios/RJ

0 comentários:

Postar um comentário