15 agosto 2013

Incas: Após falhar, Osório quer redenção contra Nacional

O tempo não havia passado da metade do primeiro tempo e uma bola despretensiosa, levantada após uma falta, do meio de campo, pelo volante Días do Nacional, foi em direção ao gol do Incas. O goleiro Osório, apontado até aqui como melhor do sub-21, subiu sozinho, encaixou a bola, mas deixou escapar, na sequência Ganso marcou o gol do Nacional, mas sendo creditado na súmula para Piu-Piu.

- Nosso time começou bem, pressionando, mas não conseguimos marcar, e em uma falha individual minha acabamos levando o gol – lamenta.

Osório creditou a derrota do Incas ao azar. Segundo ele, os 3 a 0 não resumiu o que foi o jogo.

- O jogo continuava bom, criamos varias chances, mas a bola não entrou. No segundo tempo tomamos o segundo gol em um chute que o lateral do Nacional (Botega) não vai acertar nunca mais, ai o time saiu mais pro jogo e acabamos tomando o terceiro, mas os 3 a 0 não resumiu o que foi o jogo. Não conseguimos marcar, já o Nacional quando teve a oportunidade de gol foram felizes em acertar o alvo e marcar - afirma

Mas agora Osório quer a redenção no jogo de volta contra o Nacional. Para avançar, o Clube Incas precisa vencer a partida no tempo normal e também na prorrogação. Caso a prorrogação termine empatada, a decisão vai para as penalidades, e é ai que o goleiro deve aparecer.


- Vamos jogar da mesma maneira que jogamos domingo. Vamos tentar o gol e segurar a vitória. Precisamos de uma vitória simples. O nosso treinador Dade falou para não perdermos as esperanças, jogar com raça e ter como inspiração o Atlético Mineiro que foi buscar vitórias surpreendentes na Libertadores deste ano. Não está morto quem peleia – finaliza.