18 abril 2014

"Precisamos acordar" afirma técnico Batata sobre Celeste

A terceira rodada do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Santa Helena é de folga para o Celeste. A equipe não entrará em campo, mas estará com os olhos bem aberto do lado de fora dos gramados. Pelo menos é o que disse o técnico do Celeste, Paulo Santana, o Batata.

Batata afirmou que acompanhará a rodada nesta segunda-feira, Feriado de Tiradentes e analisará os adversários da equipe azul e branca na competição. A principal equipe será o Incas/Bundalelê, próximo adversário do Celeste no amador.

- Vamos dar um giro na rodada para analisar as outras equipes, principalmente o Incas/Bundalelê, que é o nosso próximo confronto na competição, pois precisamos acordar, porque se não nem classificar entre os quatro vamos – alertou o treinador.

Para o restante da competição, Batata acredita que o principal objetivo é conseguir a classificação para as semifinais. Com a vaga garantida, começa a luta pelo título que em 2013 bateu na trave e o Celeste ficou com a segunda colocação.

- Viemos de um jogo bastante ruim em casa contra o União. Nossa equipe foi apática e deixamos muito a desejar. Agora precisamos nos reabilitar – comentou.

Para buscar os pontos perdidos em casa o Celeste terá pela frente o Incas/Bundalelê. O jogo está marcado para acontecer domingo, dia 27 de abril, no Estádio Municipal de Vila Celeste. De acordo com Batata as expectativas para a partida são boas. Ele lamentou ainda os desfalques da equipe.

- Temos desfalques importantes. O meia Carlos Varnier e o zagueiro Jean estão contundidos e em um prazo de 40 dias retornam a equipe. Nosso grupo é muito bom, mas também precisamos mostrar essa qualidade dentro de campo, pois é ali que se ganha as partidas e campeonatos. Precisamos acordar se não vamos ficar para traz – finalizou.