19 maio 2014

Com a presença de ex-arbitro da Fifa, Nacional vence primeira em casa

O Nacional venceu o Água Verde por 2x1 neste domingo pela oitava rodada do Campeonato Municipal de Futebol Amador 2014. A vitória foi a primeira da equipe grená em casa na competição. A partida contou com a presença ilustre do ex-arbitro da Fifa, Roberto Bratz, que parece ter dado sorte para a equipe de Sub-Sede. Para os lados de Moreninha, a crise continua e o Água Verde segue sem marcar um ponto se quer no amador.

O jogo começou com o Água Verde tomando a iniciativa. Kinho cobrou falta e acertou a quina do goleiro Diego. Em outro lance, a zaga bateu cabeça e Virlei saiu livre, mas adiantou muito a bola e Diego saiu para pegar. O Nacional não conseguia chegar, mas foi na bola parada que a equipe de Sub-Sede abriu o placar. Sandrinho cobrou falta lateral e Luis Guilherme aparece livre dentro da área para cabecear e abrir o placar, 1x0 Nacional.

O primeiro tempo terminou com a vitória parcial do Nacional. No segundo tempo, o Água Verde voltou com força e conseguiu empatar. A bola foi levantada na área, o zagueiro Andrezão e o goleiro Diego se confundiram e um deixou a bola pro outro cortar. Kinho apareceu livre e empurrou de cabeça para as redes igualando o marcador, 1x1.

O Nacional começou a se perder. Mas logo, com algumas substituições, se encaixou de novo. Em uma dessas mudanças, o meia Ganso foi para a partida. E foi dele o gol que deu a vitória para o Nacional. O meia Oda, um dos destaques do jogo, cobrou escanteio, a zaga afastou mal. Sandrinho tentou dominar, mas ajeitou para Ganso, que, com a bola pingando, encheu o pé e acertou o ângulo do goleiro Pietro, 2x1 Nacional. O clube grená ainda perdeu inúmeras chances claras para ampliar o marcador mas o placar foi esse mesmo, Nacional 2x1 Água Verde.

Sub-21

No Sub-21 o Água Verde renasceu com uma vitória por 1x0 na raça sobre o Nacional. A equipe, mesmo com vários desfalques se superou e ganhou em Sub-Sede, entrando no bolo para alcançar a classificação na competição. Já o Nacional segue com uma campanha de altos e baixos.