15 agosto 2014

Liga Futsal: Em Joinville, Guarapuava perde para Krona

No Centreventos Cau Hansen, em Joinville-SC, a equipe do Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve conheceu sua terceira derrota na Liga Futsal e segue sem vencer em partidas fora de casa. A Krona Futsal conseguiu se recuperar na competição e venceu por 2x0, subindo para 9 pontos, no 15º lugar. Já o Poker (que poderia ter chegado à vice-liderança, se vencesse a partida em Santa Catarina), segue em 5º, com 14 pontos ganhos.

O jogo

O primeiro tempo foi bem movimentado, mas sem gols. Logo nos primeiros segundos, o goleiro Djony, da Krona, apresentou seu cartão de visitas, subindo até a metade da quadra e chutando forte. Aos poucos, o time do Paraná foi equilibrando as ações, até que aos quatro minutos, Danilo Baron mandou um chute forte para grande defesa de Djony. A bola ainda bateu na trave antes de sair para escanteio.

O jogo seguia com chances dos dois lados. Adeírton teve boa chance depois de cobrança de escanteio e toque sutil de Bruno Petry. Mas os catarinenses responderam à altura, com duas grandes chances de Vander Carioca. Em ambas, Ale Falcone fez a diferença, executando grandes defesas.

A Krona seguia tentando e passou a pressionar bastante no final do primeiro tempo. Valdin entrou driblando a defesa, mas Ale saiu bem par abafar o lance. Djony continuava subindo ao ataque e, no último minuto, o arqueiro tentou, mas a bola sobrou para Falcone que ligou rápido o contra-ataque. Jamur quase marcou de cabeça, mas a bola bateu na trave.

No começo da segunda etapa, o time de Guarapuava voltou com mais ofensivo, mas Djony fez boas defesas nos chutes de Bruno Petry e Felipinho. Krona respondeu com um chute no canto, de Leco. Falcone fez grande defesa e sentiu a mão, ao bater o dedo na trave. Danilo Krugger entrou no time por alguns minutos. Mas, com esparadrapos no dedo, Ale retornou à partida.

O jogo seguia equilibrado, com marcação forte, que deixou a partida mais cadenciada. Mesmo assim, as chances apareciam: aos 7, André Maluko chutou forte, Djony fez a defesa parcial, a boal subiu e quase entrou na meta, mas o goleiro conseguiu se recuperar e evitar o tento.

Duas vezes Valdin

Na sequência, Pelé teve ótima chance, mas com Falcone vencido, Vitor evitou o gol. Na jogada seguinte, Vitor ficou cara a cara com Djony, mas o goleiro evitou o tento. O jogo seguia quente e Valdin dribou Ale Falcone, mas, na conclusão, a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Com tanta movimentação nos ataques, o gol finalmente sai: Valdin entrou em diagonal, se livrando da defesa, e bateu na saída de Ale Falcone, para abrir o placar para a Krona: 1x0. Guarapuava se lançou ao ataque, buscando a reação. Mas contra-ataque, em três contra dois, Valdin marcou pela segunda vez e ampliou a vantagem catarinense para 2x0.

Com o revés, Guarapuava foi para o 'tudo ou nada', com Adeírton na posição de goleiro-linha. Mas Djony seguia fazendo grandes defesas, parando o ataque paranaense. Assim, o time de Joinville suportou a pressão até o apito final, garantindo o segundo vitória na competição.

Folga e outra competição

Depois do jogo em Santa Catarina, os jogadores do Poker terão um raro momento de folga, se reapresentando na segunda-feira. O próximo compromisso dos guarapuavanos será no dia 20, quarta-feira, em Maringá, contra o Ciagym , em partida válida pelo Campeonato Paranaense. No dia 22. a equipe joga em Paranavaí e no dia 25 volta a jogar pela Liga Futsal, na Arena Haraguá, contra o Jaraguá Futsal.

Já a Krona recebe na próxima seunda-feira (dia 18), a Copagril/Sempre Vida/Marechal Cândido Rondon, em um confronto direto para melhorar suas colocações, já que a Copagril está uma posição abaixo da equipe catarinense. Antes (na sexta), a Copagril recebe o Futsal/Brasil Kirin-SP, em Marechal.



(Clique Esporte)

0 comentários:

Postar um comentário