02 dezembro 2014

Mercado: Marreco Futsal contrata pivô que estava no Ampére

Nunca antes na história, o Cresol/Marreco Futsal teve dois pivôs tão goleadores. Barbosinha e Banana, que já acertaram para 2015 com a Copagril, de Marechal Cândido Rondon, marcaram juntos 35 gols. Eles foram os dois artilheiros da Série Ouro, que pode terminar no próximo sábado, dia 6, no Joaquim Prestes, na final entre Guarapuava e Cascavel.

Como perdeu duas peças importantes, a equipe beltronense foi atrás de um novo goleador. E conseguiu. Trata-se do pivô Diego Cesar, do Notável/Ampere Futsal, que marcou 4 gols na Série Ouro e mais 4 nos Jogos Abertos do Paraná. Mesmo sofrendo com muitas lesões em 2014, o jogador foi importante na temporada da equipe amperense, tanto que teve propostas de outros grandes clubes da Série Ouro. Mas preferiu ficar no Sudoeste para terminar a faculdade de Educação Física e ficar perto da namorada, Andressa Carniel, que é de Pinhal de São Bento.

“Já ouvi falar muito bem do Marreco, tem uma boa estrutura, com grandes profissionais. A equipe fez história neste ano, conseguiu chegar em uma semifinal. E a expectativa para o ano que vem é chegar ainda mais longe. A torcida espera isso e vou tentar proporcionar isso pra eles, com comprometimento e responsabilidade”, comenta o pivô, que é natural de Fortaleza (CE).

Carreira

Diego Cesar Nascimento da Costa, 25 anos, começou a jogar nas categorias de base do BNB Clube, de Fortaleza. Logo em seguida teve passagem pela Sumov (CE) e UCS, de Caxias do Sul (RS), em 2007. No ano seguinte, foi jogar na base do Carlos Barbosa (RS). Em 2009, Diego Cesar jogou no V&W Minas (MG) e em 2010 atuou no Fortaleza e no Crateús (CE). Voltou para a Sumov em 2011 e, no ano seguinte, chegou no Notável/Ampere Futsal para a disputa da Série Prata. Foi indicado pelo fixo Marcelo Jucá, hoje no Salto do Lontra, que também jogava na Sumov. O técnico Mauro Córdova, da equipe amperense, depositou sua confiança no pivô, que foi o artilheiro e campeão invicto da Série Prata no ano passado com 24 gols. Em 2012, ele já havia balançado as redes por 18 vezes.



(Adolfo Pegoraro)

0 comments:

Postar um comentário