22 dezembro 2014

Retrospectiva 2014: Real, ficou no quase novamente

Uma sina persegue o Real de 2010 para cá. Em 5 anos, o clube de São Roque chegou na grande decisão em três oportunidades e em todas bateu na trave, conquistando o vice-campeonato. O alvirubro ficou com o segundo lugar em 2010, 2012 e agora em 2014. A equipe sempre está entre os principais clubes do município, mas levantar o caneco de campeão tem sido um problema. Muitos, em forma de brincadeira, comparam o Real como o “Vasco da Gama de Santa Helena” (o clube carioca é conhecido por ser ‘vice de tudo’). 

No ano passado, o Real montou uma equipe de dar inveja. Destaque era para o goleiro Maicon, o zagueiro João Tormes e o raçudo e rapidíssimo Paulinho Machado. O Real fez campanha incrível. Foi a melhor equipe, mas acabou caindo na semifinal. Neste ano a equipe montou um elenco basicamente com pratas da casa e viu despontar o seu até então zagueiro. Fábio “El bigodon” atuava sempre de zagueiro devido a sua estatura e agilidade. Mas foi apostado em colocar o gigante no ataque e ele correspondeu. Foi o artilheiro da competição e um dos melhores jogadores do amador deste ano. Mas não foi o suficiente para dar o título ao Real, que não vem desde 2007.

A equipe mostrou bom futebol e viu atletas da casa, como o volante Bofinho e o meia Tuta, chamar a responsabilidade e ser também peças importantes na equipe. Outra surpresa foi o lateral Baixinho. O técnico Clóvis Miranda apostou no jovem jogador, que deu resposta positiva assumindo a lateral direita alvirubra. Para 2015 a fama de “Vasco da Gama de Santa Helena” quer ser apagada.

No sub-21, a equipe montou uma equipe somente com jogadores pratas da casa e não correspondeu. Novamente fez uma péssima campanha. Mas o projeto é para que em longo prazo, São Roque possa contar com os meninos mais para frente e assim, conquistar o título dos aspirantes. O Real não consegue avançar para a final desde 2010, quando chegou à final e foi derrotado pelo Incas.

0 comments:

Postar um comentário